Dia Mundial do Meio Ambiente

Pauta tão importante para a humanidade e ecossistema, parece não sensibilizar o Governo Federal, que visa a ganância em detrimento aos povos originários, matas primárias e floresta.

Em 05 de junho comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente, a data foi oficializada durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, em Estocolmo (1972).

Anúncios

A ONU instituiu a data com o objetivo de informar a nível mundial sobre a importância de preservar os recursos naturais, com finalidade de gerar uma postura crítica e ativa em relação aos problemas ambientais.

Um dos grandes problemas do mundo moderno é a péssima qualidade do ar que respiramos em grandes centros. São toneladas de Dióxido de Carbono (CO2) despejados no ar. No Brasil, a emissão desta substancia tóxica vem aumentando devido às queimadas na Amazônia, lixos acumulados (lixões), agronegócio, automóveis nas vias, entre outros.

Anúncios

Ainda no Brasil, o meio ambiente segue sendo devastado quase sem controle, inclusive alcançando recordes de destruição, os meios de fiscalização ambiental do Governo Federal estão sendo boicotados, seja pela flexibilização de leis e regras e até mesmo na estrutura cedida para o trabalho dos agentes de campo. Não à toa, o Ministério do Meio Ambiente vem sendo alvo de investigações no atual governo.   

Vale lembrar, que em 2020 fora divulgada uma reunião ministerial, na qual o ministro do Meio Ambiente, na época, Ricardo Salles disse que a ideia seria “passar a boiada”, se referindo a mudanças de leis ambientais, com o intuito de facilitar o desmatamento e loteamento da floresta. Também é fato a diminuição de operações ambientais e multas na região desde então.  

Anúncios

De acordo com dados da União, de 2004 em diante fora constatada a diminuição ne emissão de gases poluentes, o que influencia positivamente em acordos econômicos por conta de tratados internacionais. No entanto, nos últimos quatro anos a estatística foi invertida, o Brasil passou a emitir mais CO2.

O Brasil vem perdendo colocação no ponto de vista econômico do pacto internacional de redução na emissão de CO2. O prejuízo econômico já vem aparecendo.

Lobby do agronegócio e mineração

Florestas e matas viram pastos, terras indígenas são invadidas para mineração, inclusive poluindo a água com químicos cancerígenos, como o mercúrio, o que já afeta povos originários, casos inclusive, como má formação de fetos. Vale ressaltar que, as invasões são feitas na maioria das vezes por pessoas armadas e gerando vítimas fatais.  

Importante lembrar que o agronegócio não é o responsável por colocar comida na mesa do povo, e sim desmatar para ampliar latifúndios e pastos, e na maioria dos casos, para investir em monocultura que alimentará o gado que será exportado, para lucro de poucos. Ampliando a concentração de renda e a miséria.

Anúncios

Em contrapartida, políticas de agricultura familiar estão sendo desmontadas, o que aumenta o custo da alimentação para a população.

O agrotóxico também tem ganhado espaço nesse governo, nunca antes tantos químicos foram liberados em uma só gestão federal.   

Cada um tem que fazer sua parte

É importante a atitude individual, ou seja, para prática no dia a dia, por exemplo, deixar o carro na garagem para ir até a padaria da esquina ou mesmo guardar o lixo no bolso enquanto não encontra uma lixeira, usar transporte não poluente, também é muito importante passar a informação da importância e responsabilidade que cada um tem com o meio ambiente.

Temos responsabilidades, por exemplo: podemos buscar formas de gerar menos lixo, dar destinação correta, usar produtos que não agridam o meio ambiente, isto é, a mudança de atitude pode ser feita por cada um de nós para minimizar os impactos negativos que causamos ao meio ambiente.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s