Ciclovia em Búzios (talvez) só em 2020

Obra já dura mais de um ano e prefeitura divulga nova previsão para conclusão de trecho da principal via da cidade.  

A tão sonhada ciclovia não ficará pronta neste ano, assim como não ficou no ano passado, primeira previsão de conclusão.

A prefeitura de Búzios emitiu nota no dia 18 de dezembro, informando que a obra de requalificação da Avenida José Bento Ribeiro Dantas, trecho compreendido da entrada da Tartaruga até a Policlínica, será paralisada por conta das festas de fim de ano.

A obra deveria ter ficado pronta para o início do Verão do ano passado (2018), no entanto, de acordo com o Secretário de Obras Paulo Abranches, em entrevista concedida para o buziostem.com, publicada em 30 de maio, a empresa responsável quase faliu, suspendendo os serviços prestados.

Fim da linha

Depois de tramites burocráticos a mesma empresa renovou o contrato alegando que conseguiria concluir a obra licitada. A nova previsão de conclusão passou para agosto de 2019. Contudo, todos que utilizam a principal via de Búzios, sabem que mais uma vez o prazo foi expirado.

Entramos em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Búzios, e nos foi dito que “a obra será paralisada apenas durante as festas de fim de ano e voltará em janeiro, sendo paralisada novamente durante o Carnaval”.

Sobre o motivo do atraso nos foi dito “que a instabilidade política (contínua troca de prefeitos por problemas com a Justiça) causou o atraso.” Quando questionada se a licitação não deveria valer para a prefeitura, independente do prefeito que estivesse no dia, nos responderam que “a constante troca de prefeitos e de funcionários acabaram prejudicando a administração, atrasando pagamentos, contratos e a própria fiscalização da Caixa Econômica Federal”, que acompanha a obra por ter verba federal. A nova previsão para a conclusão, de acordo com a prefeitura de Búzios, é que fique pronta em maio / junho de 2020.

Instabilidade política

Tudo que acontece causando prejuízos para o cidadão, o prefeito, vereadores e apoiadores do gestor da vez, alegam a instabilidade política causada pela Justiça. No entanto, vemos que o Juiz determina, e se toma alguma decisão é bem provável que tenha identificado algo errado para justificar sua tese. Realmente, existe uma constante apresentação de liminares e são incontáveis as vezes que o prefeito foi trocado no últimos anos.

Algo que poderia minimizar os danos seria a convocação dos aprovados no último Concurso Público realizado em Búzios (2012). Esse, inclusive, é um dos ‘problemas com a Justiça’ que o prefeito André Granado responde (a não convocação).

O Sindicato dos Servidores Públicos (ServBúzios) faz diversas cobranças nessa direção, e há anos. Alertaram justamente para a falta de continuidade da prestação de serviços da prefeitura e a constante troca de funcionários contratados a cada vez que o prefeito é substituído. Vale ressaltar que os prejuízos para a população não se resumem a obras em andamento, mas para todos os outros setores.

A Organização Ciclistas de Búzios lamenta a nova prorrogação de prazo para a conclusão da obra. “São anos de luta, fizemos inúmeras campanhas pela ciclovia, e a obra finalmente começou, mas para acabar está difícil. Mas acredito que ano que vem sendo ano de eleição, a probabilidade de conclusão da obra aumenta. Mas independente disso, novamente os prejudicados são os moradores e turistas, não podemos viver reféns de instabilidade política, jurídica ou qualquer outra. Precisamos de uma cidade que funcione”.


Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s